Como tornar o ambiente texto no servidor Linux Debian visualmente mais confortável

Efeito na listagem após alteração de bashrc

Neste post, veremos duas configurações básicas:

  • Alteração da fonte utilizada no console.
  • Tornar colorido as listagens de diretórios quando utilizar o comando ls.

Talvez você já esteja acostumado com algumas distros do Linux em que quando se solicita a listagem do diretório utilizando ls, seja apresentando uma listagem colorida identificando diretórios, links, etc. Porém quando você utiliza o Debian apenas no formato texto, este não é um padrão, ou pelo menos o super-usuário não contará com esta configuração. Entretanto você pode alterar isso facilmente. Obs: Este post foi escrito pensando na Distro Debian, mas qualquer distro que seja originária da Debian, assim como ubuntu, será compatível com o procedimento.

Quando utilizo servidores, prefiro que as fontes estejam no formato “Bold” (Negrito), pois ao meu ver torna mais confortável o aspecto de leitura no terminal. Caso você tenha interesse em saber como fazer esta alteração é muito simples.

Para isso utilize a seguinte linha:

# dpkg-reconfigure console-setup

Será apresentada na tela a configuração de pacotes, como na figura seguinte:

 

Primeira tela vista executando dpkg reconfigure console-setup
Primeira tela vista executando dpkg reconfigure console-setup

 

Conforme a próxima imagem, você pode manter a configuração da codificação, no meu caso UTF-8, então apenas selecione o OK.

Segunda tela vista executando dpkg reconfigure console-setup
Segunda tela vista executando dpkg reconfigure console-setup

Não precisa alterar nada nestas configurações de suporte do console, nesta figura o meu servidor estando como Latin1 e Latin5. Alterar isso poderá trazer efeitos desconfortáveis e estranhos nos caracteres na tela. O próximo passo é a fonte:

Terceira tela vista executando dpkg reconfigure console-setup
Terceira tela vista executando dpkg reconfigure console-setup

No meu caso eu selecionei TerminusBold, e note que nesta mesma imagem, o padrão já é bold. Compare com a imagem anterior. Você somente perceberá este efeito após salvar a configuração. Na tela seguinte, você pode manter o tamanho de 8×16.

Quarta tela vista executando dpkg reconfigure console-setup
Quarta tela vista executando dpkg reconfigure console-setup

Feito isso, vamos a colorização do modo texto

Acesse a pasta profile e altere o arquivo .bashrc:

Conforme a imagem, você pode utilizar o comando cd ~

Localizando o arquivo bashrc - primeira etapa
Localizando o arquivo bashrc – primeira etapa

Edit com vi o arquivo oculto .bashrc. Para visualizar o arquivo, eu listei utilizando o comando ls -lat.

Ao editar o arquivo, retire a cerquilha da frente das seguintes linhas:

Alterando o arquivo bashrc - segunda etapa
Alterando o arquivo bashrc – segunda etapa

Estas linhas por padrão ficam comentadas. Salve o arquivo e faça logout e logon novamente. Esta configuração permitirá deixar o console colorido no Debian. Quando listar diretórios este será o aspecto:

Efeito na listagem após alteração de bashrc
Efeito na listagem após alteração de bashrc

🙂 []’s

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.