LINUX:: Administrando usuários e grupos no Linux através da interface gráfica

Tux

Nível Iniciante.

 

  • Naturalmente, você também pode utilizar a interface gráfica para administrar usuários e grupos no Linux e este é o foco deste artigo.

Os procedimentos aqui foram realizados utilizando a distribuição Debian, portanto qualquer distribuição recente e derivada do Debian poderá ser perfeitamente compatível com este procedimento. Entretanto outras distribuições também são compatíveis com os utilitários utilizado nele, mas você poderá se deparar com algumas pequenas diferenças.

Utilizando um sistema Debian ou distro derivada, podemos fazer uso da “Gnome-System-Tools”.

Para sabermos se o pacote Gnome-System-Tools já está disponível no sistema podemos utilizar o comando (A cerquilha representa o prompt, portanto não faz parte da linha digitada):

# dpkg -s gnome-system-tools

Se uma mensagem de erro avisar que o pacote não está disponível, será necessário efetuar sua instalação com permissões de super user, ou root:

# apt-get install gnome-system-tools

Se estiver utilizando Ubuntu ou o sistema estiver com o sudo instalado, poderá adicionar o comando sudo:

# sudo apt-get install gnome-system-tools

Após terminada a instalação, podemos rodar novamente o teste para validar:

# dpkg -s gnome-system-tools

O resultado deverá ser o seguinte:

Verificando gnome-system-tools
Verificando gnome-system-tools

Confirmado a instalação, podemos então acessar “usuários e grupos”

Abrir aplicativo Usuários e Grupos

Teremos uma janela semelhante a da próxima imagem. Neste caso tenho apenas um usuário listado que foi configurado na instalação do Linux.

Configurações de Usuários
Configurações de Usuários

Para adicionar um novo usuário, note o botão logo abaixo da lista de usuários que está à esquerda. Clique em adicionar, e será solicitado autenticação com privilégio de super usuário.

Solicitação de credenciais
Solicitação de credenciais

Após autenticar, então você terá uma janela onde poderá preencher com as informações do novo usuário. Note que o nome de usuário é criado dinamicamente conforme você preenche o campo Nome mas, isso não significa que você não possa alterá-lo. É exatamente isto que acontece na próxima imagem, após definição do nome para o novo usuário, foi alterado também o “nome de usuário” ou login de usuário para um mais conveniente.

Adicionando novo usuário
Adicionando novo usuário

Após clicar em ok, você deve definir uma senha para usuário e é exatamente isto que deve ser feito na etapa seguinte quando você recebe a janela para modificar senha do usuário.

Definir senha para novo usuário
Definir senha para novo usuário

Após entrar com a nova senha e a confirmação, você deve naturalmente clicar em ok. Mas você deve perceber que o aplicativo lhe oferece uma ajuda em caso que você não seja muito criativo com senhas! Note que na parte inferior da janela você poderia permitir que o aplicativo gerasse uma senha aleatória. Além disso, você pode configurar o acesso a interface gráfica sem que haja necessidade de entrar com uma senha. Conforme a ultima opção da janela. Se você seguir estas simples etapas, o resultado será mais um usuário criado e sendo exibido na listagem de usuário.

Usuário novo criado com Êxito
Usuário novo criado com Êxito

Note que você tem opção de excluir o usuário que criou, utilizando o botão Excluir. A qualquer momento você também poderá fazer alterações na conta de usuário que criou. Note que há três links identificados como “modificar”. O primeiro, permite a você modificar o nome completo do usuário.

Modificar usuário: nome
Modificar usuário: nome

No segundo link “modificar”, você pode definir se a conta tem papel de administrador, é apenas um usuário da área de trabalho, ou seja nível mais restrito, ou ainda poderá personalizar o tipo. Esta personalização será vista mais adiante.

Modificar usuário: tipo
Modificar usuário: tipo

O terceiro link, permite a você modificar a senha do usuário. Este item é muito utilizado quando usuário se esquece de sua senha.

Modificar usuário: senha
Modificar usuário: senha

Da mesma forma poderá definir um grupo através do gerenciamento de grupos. Clique no Botão Gerenciar grupos para criarmos um novo grupo.

Listagem de grupos
Listagem de grupos

Note que a janela apresentada, conforme a imagem acima, nos trás uma listagem de todos os grupos já existentes no sistema e que são parte do padrão de instalação do Linux, conforme a distribuição que esteja utilizando. Lembre-se que este exemplo está sendo realizado no Debian, mas é muito provável que você venha contar com as mesmas opções nas outras edições derivadas, como é o caso do Ubuntu. Para adicionar um novo grupo, clique em Adicionar.

Criando novo grupo
Criando novo grupo

Note que esta janela nos permite definir o Nome do grupo e o Id dele no sistema. Entretanto, um número de Id é gerado automaticamente mas, você pode redefinir por digitar diretamente na caixa ou utilizar os botões “+” e “-” que estão à direita do campo. Além disso, desde o momento em que você está criando um novo grupo, poderá adicionar novos usuários a ele e isso é perfeitamente possível fazendo uso da listagem de usuários que está na parte inferior da janela. No exemplo na imagem acima, estou adicionando o usuário criado no procedimento anterior.

Solicitação de credenciais
Solicitação de credenciais

Ao clicar em Ok, você deve novamente entrar com credenciais válidas que permitem adicionar novos grupos no sistema. Feito isso, o novo grupo deverá ser apresentado na listagem de grupos.

Novo grupo criado com êxito
Novo grupo criado com êxito

Clicando no botão propriedade, você receberá novamente uma janela semelhante a utilizada para adicionar um novo grupo. A diferença é que você não pode mudar o nome do grupo, mas poderá alterar o id e adicionar ou remover usuários.

Exibindo propriedades do grupo
Exibindo propriedades do grupo

Para exemplificar o procedimento acima vou criar mais dois usuários novos com nomes fictícios, o primeiro chamado “João Paulo Silva”.

Adicionar um usuário exemplo
Adicionar um usuário exemplo

Então para permitir que o usuário faça logon, crio uma senha.

Definir senha para novo usuário de exemplo
Definir senha para novo usuário de exemplo

Agora um segundo usuário, chamado “Maria Das Dores Silva”.

Adicionar mais um usuário exemplo
Adicionar mais um usuário exemplo

E igualmente quero que este usuário possa se logar, então defino sua senha na etapa posterior.

Definir senha para Maria
Definir senha para Maria

Uma vez que eu tenha os dois usuários, posso criar um novo grupo para associar estes dois usuários a um objetivo específico. Imagino então um caso em que seja necessário criar um grupo para o departamento de Marketing. É exatamente isso, crio um grupo com o nome marketing e seleciono os dois usuários e pronto. Neste caso poderíamos utilizar este grupo para conceder permissões aos dois usuários para recursos no sistema. As permissões serão atribuídas ao grupo e os dois usuários que fazem parte do mesmo poderão compartilhar do recurso com as mesmas permissões.

Adicionar grupo Marketing
Adicionar grupo Marketing

Mas este procedimento apenas repetiu intencionalmente os primeiros procedimentos deste artigo. O fato é que há ainda mais coisas que podemos fazer no caso dos usuário. Como exemplo, suponhamos que haja necessidade de adicionarmos mais informações sobre nossos usuários, tais como número de telefone ou endereço de escritório. Isso é muito prático em casos reais, onde usuários se conectam remotamente ao servidor e precisamos ter um controle com identificação muito bem definida sobre quem está utilizando recursos de nosso servidor. Assim, quando você volta para a primeira janela onde pode ver a listagem de usuários, também conta com um botão ao lado direito identificado como “Configurações avançadas”.

Informações avançadas do usuário: Contato
Informações avançadas do usuário: Contato

Clicando neste botão, podemos definir as informações de contado para o usuário. No exemplo acima preferimos iniciar com o usuário “Maria das Dores Silva”. Note então na imagem seguinte, como podemos aperfeiçoar o cadastro do nosso usuário. Observação: Você não deve usar vírgulas aqui, pois esta janela reflete as configurações que serão salvas no arquivo /etc/passwd. Este arquivo utiliza vírgulas para separar os dados no campo de informações do usuário. Para que você compreenda melhor, veja os três campos deste painel de informações de contatos como sendo apenas “um”. As informações destes três campos são unidas em um só campo separado por vírgulas. Se você tentar adicionar vírgulas, o aplicativo retornará um aviso de preenchimento inválido.

Informações avançadas do usuário: Contato
Informações avançadas do usuário: Contato preenchido

Ótimo, mas note que temos mais duas abas acima onde podemos definir a configuração de privilégios do usuário. Os privilégios aparecem descritos de forma bem compreensível.

Informações avançadas do usuário: Privilégios
Informações avançadas do usuário: Privilégios

A terceira aba, permite a você ainda alterar dados importantes, incluindo o shell que será utilizado pelo usuário e o caminho da pasta home. Além disso, a conta pode ser desativada neste painel. Você ainda pode alterar o id do usuário e definir seu grupo principal.

Informações avançadas do usuário: Avançados
Informações avançadas do usuário: Avançados

Feito tudo isso, clicando em ok, teremos uma janela apresentando uma barra de progresso que representa o processo onde as alterações são aplicada em definitivo a conta do usuário.

Informações avançadas do usuário: Concluído
Informações avançadas do usuário: Concluído

O mesmo pode ser feito para o outro usuário. Entretanto, visto ser um processo repetitivo e também acredito que você já tenha entendido, ele não será descrito aqui.

Existem mais algumas algumas configurações que você pode fazer par os usuários, seguindo pelo painel de controle e iniciando o aplicativo usuários.

Painel de controle Debian
Painel de controle Debian

 

Aplicativo Usuários Debian
Aplicativo Usuários Debian

Se você estiver logado com permissões adequadas, poderá desbloquear contas que foram bloqueadas por erro de senhas e definir modo de início da sessão.

Após concluir as etapas de configuração de novas contas, você poderá investigar o arquivo /etc/passwd que apresenta nas últimas linhas, as novas contas criadas.

Visualizado arquivo passwd
Visualizado arquivo passwd

Note que este arquivo contém várias configurações que podem ofuscar as informações que você procura, então como uma sujestão, você poderá filtrar as informações utilizando um comando parecido a (A cerquilha representa o prompt, portanto não faz parte da linha digitada):

# cat /etc/passwd | cut -d “:” -f 1,5
Visualizado arquivo passwd filtrado
Visualizado arquivo passwd filtrado

Esta linha mostra na tela apenas no nome de usuário da primeira coluna e, os dados de contato que estão na quinta coluna. Poderá também adicionar o more, caso queira investigar o início do arquivo.

# cat /etc/passwd | cut -d “:” -f 1,5 | more

Acredito que estas informações poderão ser exatamente o que você procurava! Caso queira comparar com o procedimento de criação de usuários via terminal, veja este artigo.

[]’s

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.