LINUX:: CONFIGURAR DNS PARA INTERFACE DE REDE PELO TERMINAL

Tux

Este artigo breve tem como objetivo lhe apresentar o método de configuração de endereços dos servidores DNS para sua interface de rede. Esta configuração é essencial para permitir ao sistema operacional resolver os endereços IPs para nomes de hosts e vice-versa. Se é exatamente isto que você busca, aproveite este artigo, mas se você quer mais detalhes a respeito das configurações de rede no Linux, não deixe de conferir este artigo sobre Configurações de rede no linux.

CONFIGURAR DNS PARA INTERFACE DE REDE PELO TERMINAL

Você provavelmente terá necessidade padrão de navegar na internet utilizando recursos de resolução de nomes DNS. Então faça da seguinte maneira:

# echo "nameserver 8.8.8.8 # Servidor DNS Primário" >> /etc/resolv.conf

Veja que para configurar os endereços de servidores DNS, você deverá editar um arquivo que define esta configuração. O nome deste arquivo é resolv.conf e fica gravado no diretório etc. Você também poderá utilizar qualquer editor de textos para alterá-lo. Porém muitas vezes dependerá do editor vi (Não será abordado agora).

Para editar o arquivo resolv.conf utilizando o editor vi, digite a seguinte linha de comando:

# vi /etc/resolv.conf

Será imediatamente apresentado o conteúdo do arquivo que poderá até mesmo estar ainda vazio. Se o arquivo estiver vazio, adicione uma linha com um parâmetro nameserver e mais o endereço IP do servidor DNS. A primeira linha com este parâmetro, passa a ser o endereço de DNS primário. Utilizando como exemplo o IP 8.8.8.8, teríamos:

nameserver 8.8.8.8 #  Servidor DNS Primário

No exemplo anterior, os caracteres restantes depois do caractere sharp “#”, são comentários.

Se você salvar o arquivo resolv.conf contendo a linha acima e, se além disso, o computador estiver ligado a algum tipo de Link com a Internet, agora será capaz de navegar para outras redes, inclusive a internet.

Para configurar no Ubuntu é um processo pouco diferente!

Mas no Ubuntu é necessário fazer esse processo de uma forma um pouco diferente, porque caso contrário, ao reiniciar as configurações serão perdidas. Então o arquivo que deve ser editado é outro: /etc/resolvconf/resolv.conf.d/head

Mas para efetivar a alteração requer uma etapa a mais. Então primeiro, insira as configurações de DNS no arquivo conforme mencionei logo acima:

# sudo nano /etc/resolvconf/resolv.conf.d/head

Insira as linhas:

nameserver 8.8.8.8
nameserver 8.8.4.4

Onde você deve substituir os valores para nameserver conforme a sua necessidade ou, configuação da sua rede. Em seguida, execute o comando:

# sudo resolvconf -u

Se você desejar validar as configurações:

# cat /etc/resolv.conf

Então note que as linhas foram inseridas no neste arquivo, mas caso você resolva fazer a inserção direta no arquivo, vai perceber que as configurações serão perdidas ao reiniciar. Inclusive esta é a forma de manter esta configuração permanente na distro Ubuntu.

[]’s

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.